Porto

Cidade encantadora, situada nas encostas do rio Douro já próximo da sua foz. Classificada como Património Mundial pela UNESCO graças aos seus belos monumentos e edifícios históricos, como a imponente Sé ou a Torre dos Clérigos, o Porto é a segunda maior cidade de Portugal e possui vistas soberbas sobre as mundialmente célebres Caves do Vinho do Porto, na margem oposta do rio, em Vila Nova de Gaia. Embora amplamente industrializado, o Porto oferece uma síntese harmoniosa de atracções antigas e contemporâneas.

O distrito do Porto é um dinâmico centro de comércio e indústria, repleto de bonitas vilas e cidades prósperas. Ao longo da costa, poderá fazer uma pausa na cidade balnear de Espinho, degustar saboroso peixe em Matosinhos ou passar uns momentos de descontracção no Casino da Póvoa. Para o interior, destaca-se a bela cidade de Amarante, conhecida pela deliciosa pastelaria, onde pode fazer um passeio junto às margens do rio Tâmega entre belos solares do século XVII.



Locais a Visitar


Caves do Vinho do Porto (Vila Nova de Gaia)
Erguendo-se frente ao centro histórico do Porto na margem sul do rio Douro, as Caves do Vinho do Porto são uma importante atracção turística. Este vinho doce e fortificado é produzido a partir das uvas cultivadas na região do Douro e enviado para as caves de Vila Nova de Gaia, onde é preparado e envelhecido. Os visitantes poderão escolher entre as mais de 50 caves à beira-rio para descobrir as dezenas de variedades de Vinho do Porto, que é hoje um dos mais famosos do mundo.

Sé Catedral (Porto)
A imponente Sé do Porto foi concluída no século XIII, embora tenha sofrido muitas alterações ao longo dos séculos. Com belas talhas, pinturas, esculturas, tesouros de arte sacra e uma rosácea românica, além da bonita Capela Baptismal, revestida de mármores policromos, e belos azulejos barrocos no claustro e varanda, este é sem dúvida um monumento fascinante.


Torre dos Clérigos (Porto)
Esta torre sineira de estilo Barroco foi concluída em 1763 e domina o centro antigo da cidade. É a mais alta do género no país, e os visitantes podem subir os seus 225 degraus para admirar as vistas. A adjacente Igreja dos Clérigos é um excelente exemplo de síntese dos estilos arquitectónicos Barroco e Rococó e exibe uma elaborada fachada, belas talhas e um notável órgão de tubos de 1774.

 

Casa da Música (Porto)
Projectada para o evento Porto Capital Europeia da Cultura em 2001, a Casa da Música é uma dinâmica e moderna sala de concertos dedicada à criação e celebração da música. É também um importante centro cultural com visitas guiadas, workshops, um restaurante e vários bares onde os visitantes podem descontrair. A grande diversidade de eventos abrange desde o jazz à música clássica e da actuação de DJs internacionais a espectáculos de world music.

 

Palácio da Bolsa (Porto)
Exibindo uma imponente fachada neoclássica, o antigo Palácio da Bolsa do Porto foi construído no século XIX. A sua mais famosa atracção é o Salão Árabe, de exuberante estilo mourisco e inspirado no Palácio de Alhambra, em Granada, muitas vezes usado como sala de recepção de chefes de Estado visitantes. A majestosa decoração do interior inclui esculturas, pinturas e frescos da autoria de muitos mestres portugueses. O edifício abriga ainda numerosos eventos culturais e exposições, possuindo também um restaurante.

 

Museu de Serralves (Porto)
Rodeado por vastos jardins usados para eventos ao ar livre, o Museu de Arte Contemporânea de Serralves ocupa um moderno edifício projectado pelo arquitecto Álvaro Siza Vieira. Dispõe de uma notável colecção de obras nacionais e internacionais posteriores a 1960, e organiza uma grande variedade de eventos culturais, entre os quais concertos e workshops educativos para crianças.

 

Antiga Cadeia da Relação (Porto)
A antiga e austera sede do Tribunal da Relação é um dos edifícios mais emblemáticos da história do Porto. Iniciada em 1765, a estrutura de formato triangular foi concebida para abrigar também a prisão do tribunal, à qual deve hoje o nome. Numerosas personalidades passaram pelas suas celas, incluindo Camilo Castelo Branco, que escreveu o seu famoso romance Amor de Perdição enquanto esteve aqui detido. Desde 2001, o edifício abriga o Centro Português de Fotografia, mas continua a manter muitos dos traços originais.

 

Edifício do Instituto do Vinhos do Douro e Porto (Porto)
O edifício do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto encontra-se no coração do centro histórico do Porto e abriga a instituição responsável pela qualidade e autenticidade dos vinhos do Douro. No átrio de entrada, em pedra, podem apreciar-se as mais importantes datas da história da produção desses vinhos. Há ainda um espaço dedicado à sua promoção, que inclui visitas guiadas aos laboratórios de ensaios, provas de vinhos e uma loja.

 

Jardim de São Lázaro (Porto)
Remontando a 1834, o Jardim de São Lázaro é o mais antigo jardim municipal do Porto e encontra-se repleto de antigas tílias, magnólias e acácias, além de canteiros, belas esculturas, um coreto e um chafariz em mármore que pertenceu ao convento de São Domingos.

 

Jardim do Passeio Alegre (Porto)
Situado nas margens da foz do Douro, este belo jardim romântico foi inaugurado em 1870  e possui árvores centenárias. O seu chafariz, desenhado por Nicolau Nasoni, é um monumento nacional, e o café Chalé Suíço foi um importante lugar de encontro de intelectuais no final do século XIX. Ladeado de belas avenidas com palmeiras, antigas araucárias e muitas outras plantas, o esplendor e beleza poética do Jardim do Passeio Alegre tornam-no um dos mais apreciados pelos portuenses.